Matérias sobre o tema: Luta nacional

“Se você quer mais conquistas, se quer um bom Acordo Coletivo, fortaleça seu Sindicato!”

Veja este terceiro trecho do vídeo do companheiro Elles Carneiro, presidente do Sindicato.

Se você quer um bom Acordo Coletivo, se você quer mais conquistas, se você quer manter um eficiente apoio jurídico para nossas reivindicações, fortaleça o seu Sindicato, contribua com o Sindicato.

Somos 45 mil trabalhadores em todo o Estado do Rio de Janeiro. Não fique só, fique sócio!

 

Você pode também assistir ao vídeo completo aqui.

Tentativa de sufocar os sindicatos visa deixar o trabalhador desprotegido e sem direitos

Veja neste segundo trecho do vídeo do companheiro Elles Carneiro, presidente do Sindicato, como governo e empresários tentam impedir a sobrevivência dos sindicatos. O objetivo é deixar você desprotegido, tornando mais fácil a subtração de seus direitos e o arrocho do seu salário.

Você pode também assistir ao vídeo completo aqui.

Impossibilidade de dissídio coletivo e alto desemprego: dois graves problemas para a categoria!

Veja neste vídeo o trecho em que o companheiro Elles Carneiro, presidente do Sindicato, comenta sobre a dificuldade causada por esses dois fatores na atual conjuntura dos trabalhadores brasileiros.

 

Você pode também assistir ao vídeo completo aqui.

Reforma da Previdência: entenda a tramitação da PEC na Câmara dos Deputados

A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 6/19, que visa uma reforma na Previdência Social, deve obedecer algumas etapas de tramitação antes de ser concluída sua análise na Câmara dos Deputados. Conheça abaixo.

Admissibilidade

Admissibilidade

A 1ª etapa é a verificação de admissibilidade da PEC, ou seja, se a proposta pode tramitar na Casa, se não atinge cláusulas pétreas, como a forma federativa do Estado; o voto direto, secreto e universal; a separação dos poderes e os direitos e garantias individuais.

Nesta etapa, a matéria pode receber apenas emendas de redação, sem que essas alterações sejam no mérito da proposta. Se aprovada, a PEC será analisada em comissão especial (CE), que examina o mérito da proposta.

ComissaoEspecial

Comissão especial

Na comissão especial, o prazo será de 40 sessões, mais ou menos 60 dias, para análise do mérito da proposta, sendo as 10 primeiras para emendas.
Para a apresentação de emendas ao texto, estas já podem ser de mérito, são necessários 1/3 de apoio dos deputados, ou seja, 171 deputados. Após votação na comissão especial a matéria segue para análise do plenário da Casa.

Plenario

Plenário

Em plenário, inicia-se a discussão da matéria com a leitura do parecer. O relator da proposta pode acatar emendas aglutinativas, com base nas emendas já apresentadas anteriormente na comissão especial. A votação da matéria se dará em 2 turnos, com um intervalo de 5 sessões entre uma e outra.

Para aprovar o texto, são necessários 308 votos favoráveis, em cada turno de votação.

Cartaz-Assedio-Estado

Sindicato lança campanha contra o Assédio Moral em todos os estabelecimentos de ensino do Estado

Depois da experiência bem sucedida na PUC-Rio, nosso Sindicato lança a campanha Assédio Moral é Crime, Denuncie! nos estabelecimentos de ensino de todo o Estado do Rio de Janeiro. Na PUC, após apenas quatro meses a campanha está conseguindo reduzir os casos de assédio moral, trazendo benefícios para a categoria.

Com a campanha em todo o estado, todos os auxiliares de administração escolar estão convidados a denunciar ao SAAERJ casos de Assédio Moral, ou seja, situações em que o empregador ou um chefe humilham o trabalhador. Assédio Moral é um comportamento autoritário e abusivo, que pode afetar gravemente a saúde psíquica do empregado.

As denúncias podem ser feitas pelo telefone (21) 2516-8868, pelo fax (21) 2263-1573 ou pelo e-mail saaerjdj@saaerj.org.br .

O QUE É ASSÉDIO MORAL

VotoConsciente

Escolha bem seu deputado federal e seus senadores. Veja aqui como avaliar!

No dia 7 de outubro os brasileiros vão às urnas para eleger os próximos ocupantes de vários cargos. São eles:

  • Deputado Federal
  • Deputado Estadual
  • Governador do Estado
  • Senador 1
  • Senador 2
  • Presidente da República

Este ano, serão dois Senadores eleitos.

É fundamental que os trabalhadores escolham com cuidado todos os seus candidatos. Todos os cargos são importantes, e não apenas Presidente e Governador. Afinal, são os deputados federais e senadores, por exemplo, que votam e aprovam leis importantes, como foi o caso da famigerada “reforma trabalhista”, que prejudicou os trabalhadores brasileiros.

Para ajudar a população a avaliar aqueles que são parlamentares (deputados federais e senadores), o DIAP – Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar – produziu um apanhado mostrando como os atuais deputados federais e senadores se comportaram em votações do interesse dos trabalhadores.

Consulte aqui e saiba tudo sobre os deputados e senadores.

Terceirizacao

Um estudo sobre a Terceirização

O SAAERJ é sócio-fundador do DIAP – Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar –, órgão criado e mantido pelos sindicatos brasileiros para desenvolver estudos que apoiem a luta dos trabalhadores.

Apresentamos aqui o trabalho “Afinal, o que é Terceirização?”, que dá inicio à Série “Brava gente brasileira”, escrito pela dra. Zilmara Alencar, proprietária da Zilmara Alencar Consultoria Jurídica (ZAC).

O objetivo do estudo é instrumentalizar os trabalhadores para que, juntos, possamos analisar e construir estratégias para evitar a precarização das relações de trabalho.

Leia aqui “Afinal, o que é Terceirização?”