Matérias sobre o tema: Agile Corp / Masan

AgileCorp-Destacada

Justiça reconhece direito dos empregados da Masan em Duque de Caxias a multas por atraso nos salários. Luta continua

Foi dado provimento, ou seja, foi aceito pela Justiça o Recurso apresentado pelo nosso Sindicato no processo n° 0101098-62.2017.5.01.0201, em que o SAAERJ cobra da Masan (atual Agile Corp), no município de Duque de Caxias, a multa de 10% do salário do empregado pelos atrasos no pagamento de salários. A Cláusula 5ª do Acordo Coletivo 2017/2018 estabelece a multa de 10% quando o atraso é de até 20 dias e, após o 21º dia, prevê a soma de 1% por cada dia a mais de atraso.
O Recurso interposto pelo Sindicato foi julgado nesta 4ª feira, 29/08/2018, e reverte a decisão da 1ª Vara do Trabalho de Duque de Caxias, que havia indeferido o nosso pedido. Em breve o acórdão será publicado. Ainda aguardamos, no entanto, o julgamento quanto aos processos deste mesmo assunto que se referem aos empregados da Masan (atual Agile Corp) no Estado do Rio de Janeiro e no Município do Rio de Janeiro, que também tiveram sentença desfavorável e recorremos.
MPT

Ministério Público acata pedido do SAAERJ e marca audiência com a Masan sobre atrasos nos salários

O Ministério Público do Trabalho (MPT) atendeu ao pedido do nosso Sindicato e marcou a mediação com a direção da Masan (atual Agile Corp). Em pauta, os seguidos atrasos no pagamento dos salários dos empregados, um verdadeiro abuso que vem infernizando a vida dos trabalhadores. O MPT decidiu chamar também para a mesa redonda um representante do Governo do Estado, contratante da Masan.
A mediação está marcada para o dia 25/09/2018, uma terça-feira, às 14h20, na sede da Procuradoria do Trabalho, na Rua Santa Luzia, n° 173, 1º andar, Castelo, Rio de Janeiro, RJ.
Tal procedimento se tornou cabível a partir do momento em que houve a ciência sobre o descumprimento dos prazos para pagamento de salários e demais encargos, de acordo com a legislação.
Essa é mais um tentativa do Sindicato de fazer com que a empresa, e os entes públicos que a contratam, cumpram o que é determinado em lei e também está garantido em nosso Acordo Coletivo de Trabalho.
reajustemasan

Masan pagará diferenças salariais do ACT 2018 em duas parcelas, em julho e agosto

Em função do nosso Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) ter sido assinado quando a folha de junho já estava fechada, o pagamento das diferenças salariais será feito pela Masan Serviços Especializados Ltda. em duas parcelas, nas folhas de julho e agosto deste ano.

O ACT previa o pagamento dessas diferenças em três parcelas, iniciando na folha de junho. Como não foi possível iniciar esse pagamento em junho, a empresa fará o pagamento em duas vezes – em julho e agosto.

O reajuste de 2,33% nos salários de todos os empregados da Masan representados pelo SAAERJ é retroativo a 1º de março deste ano.

Saiba mais sobre o ACT 2018 na Masan aqui.

Selo-Masan

Acordo Coletivo com a Masan fecha com 2,33% de reajuste e fica acima da inflação de 1,81%

O Sindicato e a Masan Serviços Especializados Ltda. assinaram o Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) de 2018/2019 com um reajuste de 2,33% para todos os empregados que prestam serviços em instituições de ensino, de qualquer grau, nível e natureza, representados pelo SAAERJ em todo Estado do Rio de Janeiro. O reajuste é retroativo a 1º de março deste ano e as diferenças salariais por conta do aumento nos salários serão pagas pela empresa em até três parcelas, iguais e sucessivas, a partir da folha de pagamento referente ao mês de junho de 2018.

Este índice ficou acima do INPC, um dos índices do IBGE que medem a inflação no país, que registrou 1,81% de variação nos preços nos últimos 12 meses (de março 2017 a fevereiro 2018). É sabido que o quadro de recessão geral na economia deixou a inflação em patamares baixíssimos no último ano.

O Acordo fixa o piso salarial da categoria na Masan em R$ 1.056,26 a partir de 1º de março de 2018, mas varia de acordo com as funções:

a) Auxiliar de serviços gerais, auxiliar de cozinha e auxiliar agente educador: R$ 1.056,26;

b) Manipuladores de Alimento: R$ 1.086,74;

c) Cozinheiros: R$ 1.159,31.

Além do reajuste, o ACT 2018 fixa o vale alimentação mensal no valor de R$ 168,00, inclusive durante as férias. Outro benefício garantido no ACT é o prêmio trimestral de incentivo à assiduidade, no valor de R$ 67,20 para todos os empregados representados pelo SAAERJ com mais de 3 (três) meses de serviços na Masan e que percebam salário de até R$ 1.432,22 ao mês.

O Acordo Coletivo estabelece também penalidades à empresa por atraso no pagamento de salários e por descumprimento do ACT.

Veja a íntegra do ACT 2018 da Masan aqui.

Logo-Masan-boneco

Dia 11 de junho, assembleia dos trabalhadores da Masan que atuam em Caxias

EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA

O Presidente do Sindicado dos Auxiliares de Administração Escolar do Estado do Rio de Janeiro, no uso das atribuições que lhe conferem a lei e o Estatuto, convoca os auxiliares de administração escolar empregados, filiados ou não, da Masan Serviços Especializados Ltda., situada à Estrada São Lourenço s/n°, quadra 21 lote 01 — Duque de Caxias — RJ – CEP: 25.243-150, que prestam serviços nas unidades de Colégios e/ou Escolas e Creches pertencentes ao Quadro da Secretaria Municipal de Educação do Município de Duque de Caxias, para se reunirem em Assembleia Geral Extraordinária, no dia 11 de junho de 2018, na Delegacia Sindical do SAAE-RJ em Duque de Caxias, situada na Av. Governador Leonel de Moura Brizola, n° 1995, sala 304 — Centro — Duque de Caxias — RJ, às 18h em primeira convocação, e às 18h3Omin em segunda e última convocação, com a seguinte ordem do dia:

1) Tomar conhecimento da atual situação dos pagamentos dos salários;

2) Apresentação da última proposta encaminhada pela empresa para o Acordo Coletivo de Trabalho 2018-2019;

3) Demais esclarecimentos.

Rio de Janeiro, 6 de junho de 2018.

 

Elles Carneiro Pereira
Presidente

Logo-Masan-boneco

Masan, abjeta, nega verbas de demitidos. Sindicato só homologa rescisão com todos os direitos pagos

A Diretoria do SAAERJ decidiu suspender as homologações de rescisões da empresa Masan Serviços Especializados Ltda, tendo em vista que as mesmas têm vindo sem nenhum tipo de pagamento de verbas rescisórias aos seus empregados dispensados sem justa causa. A empresa, numa atitude abjeta, fornece os papéis apenas para a liberação do saldo do FGTS e as guias para o Seguro Desemprego de quem possui tal direito.

Segundo a nova legislação trabalhista, esta documentação para saque do Fundo de Garantia e entrada no Seguro Desemprego não necessitam mais da chancela do Sindicato, tanto na CEF quanto no MTE. Sendo assim, a negativa do Sindicato não prejudicará o recebimento desses valores pelos trabalhadores demitidos.

Ao constatar a má-fé da empresa, pela sonegação continuada de direitos a seus empregados dispensados, o SAAERJ decidiu homologar as rescisões da Masan apenas quando estiver comprovado que as verbas rescisórias e demais direitos foram pagos.

LogoMasan

Masan atrasa resposta ao ACT 2018 de escolas e creches. Sindicato pede que empregados enviem comprovantes de atraso no pagamento

A direção da Masan ainda não respondeu nossa proposta de Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) para os trabalhadores em creches e escolas em 2018. Realizamos reunião com a empresa no dia 18 de abril, quando apresentamos a pauta aprovada pelos trabalhadores em assembleia ocorrida no dia 31 de janeiro último, mas até o momento não temos uma resposta oficial à proposta.

Independente desta postergação patronal, o SAAERJ pede aos funcionários da Masan representados pelo nosso Sindicato que nos enviem por email (douglas@saaerj.org.br) comprovantes dos últimos três meses de atraso do pagamento, ou seja, extrato bancário e contracheque.

O Sindicato prepara providências urgentes contra os atrasos e, para tanto, as autoridades a quem vamos nos dirigir exigirão estes comprovantes. “Se pudermos comprovar, há grandes possibilidades de resolvermos dando um basta nestes atrasos. Pesquisamos e encontramos os verdadeiros motivos desses atrasos. Necessitamos de muitos documentos”, informa o presidente do SAAERJ, Elles Carneiro.

proposta-salarial

Masan: greve vitoriosa conquista salários atrasados e dias em greve não serão descontados. Voltamos ao trabalho nesta 5ª feira, dia 1º

=> Empresa se comprometeu em manter o cronograma de pagamento do 13º de 2017 em março, abril e maio

A vitoriosa greve dos trabalhadores da Masan que prestam serviços em unidades escolares, EDIs e creches vinculadas à Secretaria Estadual de Educação ou à Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro encerra-se hoje, dia 28 de fevereiro. A partir desta 5ª feira, dia 1º de março, todos devem retornar ao trabalho.

A partir de nossa mobilização, que começou no dia 22 de janeiro, arrancamos o pagamento dos salários atrasados de novembro e dezembro de 2017 e de janeiro de 2018. A Masan, com problemas financeiros em virtude de atrasos nos repasses governamentais, se comprometeu em manter o cronograma de pagamento do 13º salário de 2017, quitando as três últimas parcelas nos meses de março, abril e maio de 2018. O acordo entre o Sindicato e a Masan foi fechado mediante o compromisso da empresa de não descontar os dias parados pela categoria. Ou seja, não haverá qualquer desconto referente aos 38 dias em que estivemos em greve.

proposta-salarial

Trabalhadores da Masan decidem continuar greve até o pagamento integral dos salários e 13º

Os trabalhadores da Masan que atuam em unidades escolares, EDIs e creches vinculadas à Secretaria Estadual de Educação ou à Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro decidiram, em Assembleia realizada nesta 4ª feira, 31 de janeiro, pela manutenção da greve até que todos os salários e benefícios sejam integralmente pagos pela empresa.

A assembleia rejeitou a proposta encaminhada pela empresa. A Masan propôs o pagamento dos salários de janeiro no dia 19 de fevereiro, os dias de greve seriam perdoados de qualquer desconto se a greve se encerrasse nesta assembleia do dia 31, e a continuidade do parcelamento em 5 vezes do 13º salário de 2017.

Essa proposta foi rejeitada pela Assembleia Geral e os trabalhadores decidiram pela continuidade da abstenção pacífica do trabalho até a regularização total das pendências trabalhistas.

A Masan já foi comunicada da decisão. Veja aqui o ofício enviado pelo SAAERJ.

Polegar-Positivo

Veja aqui a sugestão de Pauta de Reivindicações para a assembleia da Masan nesta 4ª feira, dia 31

Nosso Sindicato publica aqui a sugestão de pauta reivindicatória que será discutida e votada na assembleia dos empregados da Masan marcada para esta 4ª feira, dia 31 de janeiro de 2018.

É importante que todos tomem conhecimento e possam discutir os termos que serão encaminhados para a empresa visando a negociação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) com vigência de 1º de março de 2018 até 28 de fevereiro de 2019.

Leia a sugestão para debate e compareça à assembleia!

Veja aqui a sugestão da Diretoria do SAAERJ para nossa Pauta de Reivindicações

Veja aqui o Edital de Convocação da Assembleia