Superintendência do CADE diz não à fusão Estácio-Kroton

Kroton-Estacio

SAAERJ alertou ao órgão sobre os riscos do negócio em junho do ano passado

O jornal O Globo informou recentemente que a Superintendência-Geral (SG) do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) se manifestou contra a aquisição da Estácio pela Kroton no último dia 3 de fevereiro. Segundo o jornal, a Superintendência do CADE entendeu que a operação (“fusão”, segundo a Estácio) causa problemas concorrenciais, com possível impacto nos preços e na qualidade dos serviços. A SG impugnou a compra e enviou o processo para análise do Tribunal do Cade, a quem cabe decidir pela aprovação ou não da “fusão”, ou pode determinar eventuais medidas extras para sanar os problemas apontados.

A decisão da SG do CADE vai ao encontro de toda a documentação enviada ao órgão pelo SAAERJ em junho do ano passado, quando nosso Sindicato alertou o órgão exatamente para esses riscos da aquisição da Estácio pela Kroton, ou seja, concentração do mercado, demissões de trabalhadores e perda de qualidade nos serviços.

Leia aqui a matéria de O Globo

Veja aqui o alerta do SAAERJ ao CADE em junho de 2016