Trabalhadores da UGB-FERP rejeitam proposta patronal

UGB-FERP

Os auxiliares de administração escolar da Universidade Geraldo Di Biase (UGB-FERP) decidiram, em assembleia realizada no último dia 10 de agosto, às 14h30, rejeitar a contraproposta de Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) enviada pela UGB-FERP para o período de 10 de março de 2017 a 28 de fevereiro de 2018. A assembleia foi realizada simultaneamente em Volta Redonda, Valença e Nova Iguaçu.

A votação foi feita em escrutínio secreto pelos presentes e a apuração do total de votos nas três unidades resultou em 96 (noventa e seis) votos reprovando a proposta, 80 (oitenta) votos aprovando, 1 (um) voto em branco e 1 (um) voto nulo. Assim, foi recusada pela assembleia a proposta enviada pelo empregador, não autorizando a Diretoria do Sindicato a firmar o ACT 2017/2018 com a Universidade Geraldo Di Biase (UGB-FERP).

A proposta feita pela UGB-FERP – e recusada pelos trabalhadores – apresentou os seguintes termos:

– Reajuste de 5% (cinco por cento) a partir de 1° de Março de 2017 para todos os auxiliares de administração escolar e, em contrapartida, a exclusão do Tíquete Refeição ou Vale Alimentação;
– Manutenção do anuênio no percentual de 0,5% por cada ano de efetivo trabalho na empregadora;
– Manutenção das demais cláusulas previstas na Convenção Coletiva de Trabalho 2017/2018.

As assembleias foram presididas, em Volta Redonda, pelo presidente do SAAERJ, Elles Carneiro; em Valença, pelo diretor do SAAERJ Antonio José Bevace; e, em Nova Iguaçu, pelo vice-presidente do SAAERJ Hélio Penna.