Veja aqui nossos planos com desconto

Veja aqui nossos planos com desconto

Através do SAAERJ, o associado pode contratar, a custos menores, planos de saúde da Unimed, da Assim, ou o SAAE Saúde. Leia mais »

Conheça os planos odontológicos conveniados ao SAAERJ

Conheça os planos odontológicos conveniados ao SAAERJ

Agora você pode ter acesso à assistência odontológica por um custo compatível. Leia mais »

Nas áreas trabalhista, cível e previdenciária

Nas áreas trabalhista, cível e previdenciária

Nosso Sindicato possui uma ampla e competente estrutura jurídica à disposição dos associados e da categoria em geral para causas coletivas e individuais. Leia mais »

Não fique só. Fique sócio.

Não fique só. Fique sócio.

Veja aqui como se associar ao SAAERJ. Leia mais »

 
13-Salario

Sindicato cobra solução para pagamento do 13º salário pela Masan

Nosso Sindicato enviou ofício à Masan Serviços Especializados Ltda. cobrando o pagamento do 13º salário dos empregados, que deveriam ter sidos quitados até 20 de dezembro. No ofício, o SAAERJ solicita uma reunião com a empresa para tratar do assunto. Conforme o Acordo Coletivo em vigor, assinado entre SAAERJ e Masan em 2016, após 30 dias sem resposta para o problema, medidas judiciais serão adotadas.

Veja aqui o ofício enviado à Masan

ForcaSindical-reforma-trabalhista

Temer e STF atacam gravemente direitos dos trabalhadores

Direitos até aqui garantidos pela Constituição e pela CLT aos trabalhadores brasileiros, como jornada de 8h diárias, férias de 30 dias, 13º salário, entre outros, estão sob ataque, tanto do Governo Temer quanto do STF – Supremo Tribunal Federal.

O Governo Federal já enviou sua proposta de “reforma trabalhista” ao Congresso Nacional e a supremacia do “negociado” sobre o legislado, ou seja, sobre o que já está nas leis, é um dos pontos mais danosos da “reforma” apresentada no apagar das luzes de 2016. O STF, por sua vez, como que abrindo caminho para a implantação da medida, já se posicionou permitindo essa “novidade” nas relações de trabalho.

ReformaPrevidencia

Congresso começa a analisar “reforma” da Previdência em fevereiro

Apresentada pelo Governo em dezembro do ano passado, a “reforma” da Previdência, antes de começar a valer, tem que passar pelo Congresso Nacional, tanto pela Câmara dos Deputados quanto pelo Senado Federal. Como em janeiro é recesso parlamentar, somente em fevereiro é que começam as análises da proposta.

Todos os pontos são desfavoráveis ao trabalhador, como aumento da idade mínima, aumento do tempo de contribuição, desvinculação da pensão por morte ao salário mínimo, proibição de acumular pensão com aposentadoria, etc.

Nosso Sindicato está atento e vai se juntar à nossa central sindical para lutar contra essa proposta. Prepare-se para participar desta luta você também. Se não defendermos nossos direitos, quem o fará?

Clique para ler a íntegra da notícia

Mudanças no FGTS: trabalhador poderá sacar conta inativa

O Governo anunciou, no final de dezembro, a liberação do FGTS para contas inativas, desde que o afastamento do trabalho tenha acontecido até 31 de dezembro de 2015. Ou seja, mesmo os trabalhadores que estão atualmente com emprego formal, se tiverem contrato de trabalho rescindido até o final de 2015 poderão sacar o saldo das contas de fundo de garantia, o que antes não era possível. O calendário de liberação ainda não foi divulgado, mas espera-se que os saques poderão ocorrer a partir de fevereiro.

Clique aqui para ler a íntegra da notícia

Férias coletivas no SAAERJ de 19/12/2016 a 17/01/2017

Comunicamos aos associados, à categoria e às instituições de Ensino que o SAAERJ dará  férias coletivas a seus funcionários no período de 19/12/2016 a 17/01/2017. Antecipe seus assuntos junto ao Sindicato.

Veja aqui o ofício protocolado junto ao Ministério do Trabalho sobre nossas férias coletivas.

Estacio280

ACT depende agora só da Estácio para a homologação no Ministério do Trabalho

Na última reunião de mediação na Superintendência Regional do Ministério do Trabalho no Rio, realizada em 6 de dezembro, a Estácio e o Sindicato comunicaram que chegaram a um entendimento para a assinatura do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT). No momento, falta apenas a Estácio retornar com o ACT assinado para que seja dado encaminhamento para a homologação pelo Ministério do Trabalho.

PRINCIPAIS CONQUISTAS

SAAERJ informa: todas as pautas reivindicatórias já estão com os representantes patronais

O Sindicato já preparou e encaminhou aos respectivos patronais todas as pautas de reivindicação para as negociações coletivas de 2017. Confira:

Veja a pauta reivindicatória de Campos

Veja a pauta reivindicatória do Município do Rio

Veja a pauta reivindicatória de Petrópolis

Veja a pauta reivindicatória do Sul Fluminense

Veja a pauta reivindicatória de Niterói e Estadão

Petrópolis: veja a sugestão de pauta para a CCT 2017

Os auxiliares de administração escolar das instituições de ensino infantil, fundamental e médio de Petrópolis se reúnem hoje, dia 2 de dezembro, a partir das 18h30, para debater a Pauta de Reivindicações que será encaminhada aos patrões com vistas à Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) do ano que vem. A assembleia acontece em nossa sede regional, na Rua Teresa, 533, Loja 07, Imperial Shopping, Alto da Serra, Petrópolis.

Veja aqui a sugestão do Sindicato para a Pauta de Reivindicações.

ASSESPA trai seus empregados, rompe acordo e não paga o que deve. Execução judicial custará o dobro aos patrões!

Depois de mais de quinze dias de espera, além do prazo definido para o pagamento da primeira parcela dos valores devidos aos trabalhadores da Associação Educacional São Paulo Apóstolo – ASSESPA –, a Diretoria do SAAERJ decidiu executar e denunciar o acordo no último dia 28 de novembro.

A ASSESPA, mantenedora da UniverCidade, deve aos empregados beneficiados no processo coletivo nº 0000081-32.2013.5.01.0036-RTOrd (SAAE-RJ x ASSESPA) e deveria ter feito o depósito da primeira parcela dos valores devidos na conta do Sindicato na segunda semana de novembro. Apesar de ter anunciado o pagamento, a ASSESPA traiu seus empregados, o Sindicato e a Justiça.

Diante da quebra do compromisso e da palavra por parte da ASSESPA, o Sindicato já está executando judicialmente a cobrança. Com a medida, o custo final vai pesar muito mais no bolso dos patrões. Entre juros, correção monetária e multa, estima-se que os trabalhadores representados pelo SAAERJ no processo terão a receber quase o dobro do valor inicialmente acordado.

– A impressão que eu tenho é que a ASSESPA resolveu brincar com fogo. Querem ganhar tempo, mas vão pagar caro pela má-fé. A execução judicial vai aumentar em muito o valor a ser pago – comentou o presidente do SAAERJ, Elles Carneiro.

Com a sequência do processo, manteremos os representados informados pelo nosso site e por nossa página no Facebook.

SAAERJ encaminha pauta do 3º Grau e já pede mesa-redonda ao MT

Para evitar atrasos, o Sindicato já está encaminhando a pauta reivindicatória do Ensino Superior para o patronal e, ao mesmo tempo, também está pedindo mesa-redonda no Ministério do Trabalho. O objetivo é dar pronto início às negociações da CCT/2017, cuja data-base é 1º de março.

“Esperamos que dessa forma não haja demora na assinatura da CCT do 3º grau, o que já está virando uma constante”, defendeu Elles Carneiro, presidente do SAAERJ.